Horizonte, educação e comunicação
 
 
Brasil
 

24/09/2012 - Amazônia: pesquisando ilhas de vida
Em plena selva amazônica, uma equipe internacional pesquisa o tamanho mínimo necessário para um pedaço de floresta manter sua integridade biológica

 

24/09/2012 - O litoral sul da Bahia: a redescoberta da terra de Cabral
O litoral da Bahia, ao sul de Salvador, vive em constante simbiose com o mar, Dos portos de Valença, Ilhéus e Caravelas, partem jangadas e botes de pesca, sa veiros levando visitantes, e chega combustível em grandes navios. Foi este o mesmo litoral que os portugueses primeiro avistaram em 1500, quando rapidamente perceberam o valor de comerciar o pau-brasil

 

24/09/2012 - Itatiaia: o Terraço da Mantiqueira
No vale suspenso a dois mil metros de altitude, entre as serras das Agulhas Negras e das Patreleiras, a vegetação de altitude esconde as nascentes do rio Campo Belo. No horizonte sobressai o pico das Prateleiras, com 2.584 metros

 

24/09/2012 - Belém-do-Pará: a ladeira sombreada da Amazônia
A capital do Pará ferve durante o mês de outubro, e não é por causa do calor, que nunca diminui, mesmo chovendo toda tarde. Neste mês, cerca de dois milhões de fiéis comprimem-se nas ruas de Belém durante as procissões do Círio de Nazaré. A grande festa religiosa transborda em devoção, invadindo os barcos que trazem peixes ao Mercado de Ver-o-Peso, lugar de muitas cores e aromas únicos da Amazônia

 

24/09/2012 - Explorando a caverna São Mateus
Um mundo de silêncio e sobras em Goiás: uma equipe de 12 exploradores mergulha nas profundezas subterrâneas do cerrado goiano durante 15 dias, para confirmar se descobriram a maior caverna da América do Sul, e trazer uma série de observações biológicas, geológicas e geográficas

 

24/09/2012 - As flores do cerrado
A quinta parte do território brasileiro é ocupada pelo cerrado, um ecossistema onde o ar é seco e chove pouco. Entre árvores retorcidas e pequenos arbustos surgem flores surpreendentes, como o solzinho-do cerrado

 

24/09/2012 - A viagem filosófica de Alexandre Rodrigues Ferreira
Desconhecido em seu próprio país, o naturalista Alexandre Rodrigues Ferreira não teve melhor sorte fora dele. Líder da primeira expedição científica do Brasil Colônia, que percorreu 40 mil quilômetros, distância equivalente à circunferência da Terra, o minucioso observador da Amaônia foi vítima de malária, descaso burocrático e um inesperado saque científico. Uma vida dedicada à Ciência, em troca de algumas pequenas citações em livros históricos e um formidável aervo, inédito por quase dois séculos

 

24/09/2012 - Ilhéus: a terra do cacau
A televisão brasileira volta a divulgar a terra do escritor Jorge Amado, que anos atrás cunhou tipos inesquecíveis tendo como ponto de partida o Bar Versúvio, que ainda existe ao lado da catedral. Agora o cenário deslocou-se para as fazendas de cacau e para lá se dirigiram a repórter Mônica Montoro e os fotógrafos Lau Polinésio e Lena Trindade

 

24/09/2012 - Petrópolis: a jóia da Coroa
Antiga fazenda imperial, Petrópolis guarda entre suas lembranças da Monarquia, as duas coroas usadas por nossos monarcas, além de um tributo pago à família real sobre qualquer transação imobiliária no município. O escritor Leonardo Fróes mostra porque esta cidade nunca perde a majestade. Fotografias de Lena Trindade

 

24/09/2012 - Yes, nós temos laranjas
Em poucos anos, o Brasil transformou-se no maior produtor mundial desta fruta de origem asiática, que transformou a economia do interior paulista

 

24/09/2012 - Índios Xikrin
A oeste da Serra dos Carajás está a reserva de um dos 13 grupos de índios Kayapó. Esta terra é dos Xikrin. Cobrçada por madeireiros, mineradoras e habitada por multidões de espíritos, a floresta ao redor significa sustento com a caça e coleta e também cenário dos mitos e lendas passados de pai para filho

 

24/09/2012 - Anavilhanas: o labirinto aquático
São mais de 300 ilhas em constante mutação, conforme varia o nível da água no Rio Negro. Considerado o maior arquipélago fluvial do mundo, Anavilhanas é um santuário da vida selvagem que vem se tornando importante centro de pesquisas

 

17/09/2012 - Madeira-Mamoré: um trem contra a floresta
Homens trabalhando com lama pelo joelho, imensas árvores despencadas sobre trilhos, um jogo de tênis improvisado em uma clareira da selva amazônica. São fotografias da construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré, tiradas em 1909 pelo norte-americano Dana Merrill. A floresta engoliu os dormentes (importados da Austrália, por incrível que pareça) e o tempo consumiu os participantes da epopéia. Restou o testemunho de Dana Merrill

 

17/09/2012 - Rio Tapajós: a transamazônica fluvial
O braço de areia branca debruça-se sobre o rio Tapajós na cidade de Alter do Chão, situada 35 quilômetros ao sul de Santarém, a principal cidade na beira do rio. Aqui, cada povoamento surgiu de uma aldeia indígena: Alter do Chão era dos boraris, Santarém fazia parte da nação Tapaiú

 

17/09/2012 - Os corpos pintados dos Índios Xikrin
Ensaio fotográfico sobre a arte corporal dos Xikrin, uma tribo kayapó que vive próxima à Serra de Carajás, no Pará. A exuberância visual de uma cultura que aprendeu a defender-se da nova lei das selvas, ditada pelo homem branco. Fotografias de Felipe Goifman

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo