Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

Calor e umidade

A Amazônia é caracterizada pela alta radiação solar, temperaturas relativamente uniformes, alta incidência de chuvas e umidade

foto: Leonide Príncipe

Diferentemente do que se imagina, existe uma sazonali­dade climática na região, que passa por períodos mais úmidos e outros mais secos. Esta mudança não é tão visível quanto nos ecossis­temas de Cerrado ou Caatinga em outras regiões do Brasil, mas é grande o suficiente para ter conseqüências ­importantes sobre a fauna e a flora da ­região.

As temperaturas são constantes e elevadas e as estações normalmente são divididas em inverno - quando chove mais e o nível da água dos rios aumenta - e verão, quando a pluviosidade é menor. Cada uma destas estações dura, em geral, seis meses, mas a distribuição da chuva é desigual nos estados. Em geral, chove mais de dezembro a maio e, quase sempre, os meses de junho, julho e agosto são os mais secos, mas isso pode variar de acordo com a área. Em toda a região Norte, as temperaturas máximas variam em torno de 30°C e 32°C, enquanto as mínimas ficam entre 19o C e 24o C. A umidade relativa do ar fica entre 80% e 90%.

Em geral, os rios da margem sul do Amazonas têm suas altas nos meses de março e abril e suas maiores baixas entre agosto e outubro, enquanto que os afluentes da margem norte têm suas altas em junho e julho e as baixas entre dezembro e março.



Conteúdo retirado do Guia Amazônia - Brasil da Editora Horizonte.

Publicado em 21/10/2008


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo