Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

Mata Atlântica aponta alto nível de regeneração

Em trinta anos, o bioma recuperou 219.735 hectares de mata

foto: Horizonte
Em regiões de Mata Atlântica preservada, o rio Tietê segue limpo e auxiliando no ecossistema (Foto: Horizonte)

O Atlas dos Remanescentes Florestais, divulgado esta semana, trouxe uma avaliação inédita da regeneração da Mata Atlântica. A pesquisa, que monitora a distribuição espacial do bioma, apontou que houve regeneração de 219.735 hectares (ha), ou o equivalente a 2.197 quilômetros quadrados, entre 1985 e 2015, em nove dos 17 estados do bioma. A área corresponde a aproximadamente o tamanho da cidade de São Paulo.

foto:

Segundo pesquisas da SOS Mata Atlântica, nos últimos 30 anos, houve uma redução de 83% do desmatamento do bioma. De acordo com Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação, sete dos 17 estados da Mata Atlântica já apresentam nível de desmatamento zero: “Agora, o desafio é recuperar e restaurar as florestas nativas que perdemos. Embora o levantamento atual não assinale as causas da regeneração, ou seja, se ocorreu de forma natural ou decorre de iniciativas de restauração florestal, é um bom indicativo de que estamos no caminho certo”, observa Marcia.

“Durante o monitoramento, constatou-se a existência de outras áreas ocupadas por comunidades de porte florestal em diversos estágios intermediários de regeneração, áreas essas que devem ser mapeadas e divulgadas em futuros estudos”, esclarece Flávio Jorge Ponzoni, pesquisador e coordenador técnico do estudo pelo INPE.

foto:

De acordo com o Atlas, desenvolvido pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Paraná foi o estado em que houve maior regeneração de Mata Atlântica, com uma área de 75.612 hectares reflorestados, seguido de Minas Gerais (59.850 ha), Santa Catarina (24.964 ha), São Paulo (23.021 ha) e Mato Grosso do Sul (19.117 ha).

Os mapas completos podem ser acessados no banco da SOS Mata Atlântica.

Destaques Horizonte:
A Mata Atlântica paulista resiste
Resta pouco mais de 10% de Mata Atlântica
Em busca das aves da Mata Atlântica

Publicado em 18/01/2017


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo