Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

Abrigo resgata animais da guerra na Síria

350 pets impactados pelo conflito já foram atendidos pelo grupo sírio

foto:
Podem ser doados valores a partir de 10 dólares, através de uma campanha no site de crowdfunding Generosity (Imagem: Divulgação/STAR)

Desde março de 2011, a guerra na Síria afeta diretamente a vida da população. Cerca de cinco milhões de pessoas buscaram refúgio em outros países e mais de 300 mil pessoas morreram. Elas deixaram para trás casa, trabalho, estudo e, algumas vezes, seus bichos de estimação, que acabam não tendo lugar nos refúgios, abrigos e botes. Felizmente, uma iniciativa inspiradora oferece cuidados a animais sem lar e que sofreram maus tratos na guerra, em uma fazenda transformada em abrigo em Sahnaya, uma cidade próxima da capital Damasco.

foto:

O STAR (Syrian Team for Animal Rescue – Equipe Síria pelo Resgate Animal, em português), resgata e oferece um lar para todo tipo de pet, como cães, gatos, aves e até tartarugas, em situação de risco. “A guerra não poupou ninguém. Animais fugiram, assim como seres humanos; mas, pelo menos, as pessoas têm centros para refugiados e organizações que os mantêm alimentados”, disse Hamada Azqul, uma voluntária da STAR. Os animais resgatados são tratados por ferimentos de guerra, abuso ou por terem sido deixados para trás por tutores que fugiram da violência no país. Os animais são chamados pelos voluntários de “vítimas esquecidas” da guerra da Síria.

Atualmente, com 116 animais sob a sua tutela, a STAR recebe pedidos de resgate através de sua página do Facebook, e também recolhe animais que são encontrados nas ruas. “Os animais são os únicos amigos que me sobraram aqui”, comenta Hani al-Khatib, voluntário do STAR.

Em meio a guerra, não é simples manter a organização viva, “muitos dos veterinários abandonaram o país, e estamos em falta de medicação e equipamento”, explicou a voluntária Elissa Darwish. Isso sem contar a falta de espaço e de verba para os cuidados.

É possível ajudar a instituição através de doações, ou adotando um dos animais, que podem ser vistos na página do Facebook da STAR.

Destaques Horizonte:
Humanos e animais se ajudam em reabilitação
A protetora dos tamanduás
Palmira: deserto de paz em tempos de guerra civil na Síria

Publicado em 28/11/2016


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo