Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

A primeira cápsula biodegradável de café

Embalagem substituiu plástico e alumínio por cascas do grão do café e é 100% biodegradável

foto: divulgação
As embalagens são feitas com resíduos do café e podem ser descartadas junto ao lixo orgânico ou utilizadas como adubo (Imagem: Divulgação)

Os cafés em cápsulas individuais tornaram-se febre em todo o mundo. Mas junto com a sua fama, vieram muitas polêmicas em relação ao desperdício de materiais para a fabricação e a quantidade de resíduos descartados. Hamburgo, na Alemanha, chegou até a proibir o uso deste tipo de café em prédios públicos locais.

Unindo uma boa relação com o meio ambiente, ao prazer e a facilidade que só as máquinas de café individuais oferecem, a empresa canadense Club Coffee criou a primeira cápsula 100% biodegradável. Chamada de PurPod100, a cápsula abandona os tradicionais plástico e alumínio, e utiliza as cascas do grão do café na sua confecção. O material forma um bioplástico que pode ser utilizado até como adubo, e que não necessita de novas matérias-primas para a sua fabricação.

A embalagem foi desenvolvida em parceria com os pesquisadores da Universidade de Guelph, no Canadá, e é certificada por organizações canadenses e norte-americanas. Segundo a Club Coffee, esta é a primeira cápsula totalmente biodegradável do mundo!

A empresa garante que as cápsulas podem ser descartadas junto aos resíduos orgânicos ou usadas na compostagem, já que possuem nutrientes que podem ajudar no desenvolvimento das plantas. As PurPod100 levam cerca de 84 dias para desaparecerem completamente do solo.

Destaques Horizonte:
Editora argentina lança livro que pode ser plantado 
Cerveja amiga da natureza 
Nada se cria, tudo se transforma  

Publicado em 11/07/2016


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo