Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

Paraná paga pelo plantio de araucárias

Para devolver um dos símbolos ao estado, o governo paranaense desenvolveu programas que remuneram a plantação de árvores

foto: Wikimedia Commons
O foco do projeto são pequenos produtores que têm condições de plantar até 200 mudas em seu terreno (Imagem: Wikimedia Commons)

A araucária é o símbolo do estado do Paraná, estampando até a bandeira do estado. Mas o que antes era orgulho e cobria 40% do território paranaense, hoje representa apenas 3% da área, deixando o imponente pinheiro-do-paraná apenas na bandeira. Para recuperar a incidência dessa planta nativa e rearborizar o estado, o governo paranaense desenvolve programas de incentivo a produtores para a plantação de araucárias.

Um dos projetos mais bem-sucedidos de recuperação é o “Estradas das Araucárias”. Desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná e empresas privadas, o programa remunera pequenos agricultores que disponibilizam suas terras para o plantio de araucárias. Os interessados devem se comprometer a plantar e cuidar de até 200 mudas em sua propriedade, e, como recompensa, recebem uma renda mensal extra de mil reais.  

“O objetivo é estimular o plantio. As araucárias não competem com outras atividades na pequena propriedade e ainda assim são uma alternativa de renda, tanto no plantio, como depois, com a venda do pinhão”, explica Edilson Batista de Oliveira, pesquisador da Embrapa Florestas.

O programa acontece há quatros anos e já distribuiu mais de 20 mil mudas.

Destaques Horizonte:
A luta para salvar as araucárias 
Na rota do Sul 
Russos ganham terrenos para cultivos agrícolas  

Publicado em 05/07/2016


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo