Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

Alunos da rede pública criam app contra a dengue

O aplicativo gratuito, para celular e tablet, oferece dicas de prevenção, combate e informações sobre os sintomas e tratamento de doenças como dengue, zika e chikungunya

foto: Portal Saúde/Divulgação
O mosquito atinge cerca de 50 milhões de pessoas por ano, no mundo inteiro, dessas, cerca de meio milhão morrem devido a variações mais graves da doença, como a dengue hemorrágica (Foto: Portal Saúde/Divulgação)

O aplicativo “Fora aedes aegypti” foi a novidade da Feira de Ciências, deste ano, do Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães, de Santa Inês (BA). Segundo os idealizadores do projeto, ele foi desenvolvido para oferecer informações importantes, de forma rápida, e conscientizar o maior número de pessoas sobre o assunto.

Os estudantes contaram que sempre orientaram seus familiares e amigos sobre os perigos da doença e formas para preveni-la, e que o evento no colégio, junto as habilidades de informática do grupo, impulsionaram o engajamento.

O aplicativo está disponível apenas para aparelhos que utilizam o sistema Android, e pode ser encontrado, sem custo, com o nome “Fora aedes aegypti” ou “Fora dengue Colégio ACM de Santa Inês”.

Leia Mais:
Jogo estimula combate a dengue 
Dengue: sobre a ótica da geografia da saúde
A guerra contra os mosquitos

Publicado em 30/09/2015


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo