Horizonte, educação e comunicação
 
 
ONLINE

Sistema prevê raios com 24 horas de antecedência

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe, cerca de 50 milhões de raios caem todos os anos no Brasil, o serviço será lançado para antecipar o fenômeno e evitar mortes

foto: Marcos Ozanan/Inpe
O Brasil é o país do mundo com maior incidência de raios, sendo a maioria deles no verão (Foto: Marcos Ozanan/Inpe)

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Inpe, em São José dos Campos (SP), lançou um sistema de previsão de raios. O serviço permite prever fenômenos com até 24 horas de antecedência. De acordo com o Instituto, já no próximo verão os dados estarão disponíveis para os veículos de comunicação, assim como os outros serviços meteorológicos.

O sistema inédito foi desenvolvido, em cinco anos, por uma equipe multidisciplinar de físicos, matemáticos, geógrafos, engenheiros e técnicos de computação do Grupo de Eletricidade Atmosférica – Elat, integrado ao Inpe.

Os coordenadores do projeto disseram que a ideia principal é que, com a divulgação de números, as pessoas possam se organizar e evitem acidentes, já que aproximadamente 120 pessoas morrem e outras 500 ficam feridas, todos os anos, no Brasil, devido a raios.

Para detectar os raios, o sistema comparará dados da Rede Brasileira de Detecção de Descargas Atmosféricas sobre vento, temperatura, umidade e concentração de gelo em diversas alturas na atmosfera, dentro de nuvens e, também, no solo. A margem de acerto está aproximada em 85%, em um raio de 10 quilômetros.

Publicado em 09/09/2015


 
 
 
 
 
Loading


Anuncie Edição do Mês
Anuncie
 
 
 
 
     
 
© 2017 Horizonte, educação e comunicação. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo